Magalhães Online

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Duas mortes trágicas marcam Semana Santa em Magalhães de Almeida


A Semana Santa deixou duas lembranças nada agradáveis para os moradores de Magalhães de Almeida. Uma ocasião marcada pelas celebrações religiosas, festas e comidas típicas teve também momentos trágicos.

Criança morre ao manusear espingarda
Foto divulgada no Facebook

Na quinta-feira santa, 28/03, no início da noite, Keven Sousa, de 9 anos morreu vítima de um tiro de espingarda. A arma era guardada em um banheiro que não estava sendo utilizado, cuja entrada era pelo quarto dos pais da criança. O menino foi atingido com um tiro no rosto, quando provavelmente manuseava a arma, o que ocasionou o óbito imediato. A criança era filha de Selemias, motorista da ambulância do hospital municipal, e neto de Gilberto, um policial militar bastante conhecido na cidade.

A família entrou em desespero. O acidente comoveu a cidade e abre um alerta para o perigo de guardar armas de fogo em casa, principalmente se a mesma estiver carregada.

Confusão em bar termina em morte
Corpo de jovem na pedra do hospital

No Domingo da Páscoa, outra morte inesperada. O jovem Renato Alves da Silva, de 22 anos, foi morto com dois golpes de faca, um nas costas e outro no peito esquerdo, no último domingo, por volta das 19h30 da noite, em um bar na Vila Dionilo Costa, na periferia de Magalhães de Almeida. O assassino, conhecido pelo apelido de Totô, fugiu logo em seguida.

Segundo algumas testemunhas os dois já tinham um rixa antiga e o assassino aproveitou a ocasião para se vingar. O investigador da Polícia Civil, Roxuel Vasconcelos, abriu inquérito para investigar o crime.

A vítima tinha saído da cadeia há 35 dias. Ele chegou a passar 11 meses preso por tentativa de assassinato, mas foi absolvido no julgamento.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIOS QUE ATENTEM CONTRA A HONRA DAS PESSOAS OU QUE USEM PALAVRAS CHULAS NÃO SERÃO PUBLICADOS.