Páginas

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Movimento social promove congresso de políticas públicas no município


O movimento Fóruns e Redes da Cidadania realizará no próximo dia 29 de junho, às 14h, no povoado Nova Vila, o Primeiro Congresso Municipal de Políticas Públicas. O encontro tem por objetivo discutir ideias para um projeto popular a ser apresentado aos candidatos ao governo do estado nas eleições deste ano.

As ideias colhidas junto às comunidades serão apresentadas no I Congresso de Políticas Públicas do Estado do Maranhão que será realizado na cidade de São Mateus, nos dias 25, 26 e 27 de julho.

De Magalhães de Malmeida deverão ir 10 pessoas para o evento estadual.


O movimento Fóruns e Redes da Cidadania  é liderado pelo juiz aposentado  Jorge Moreno. Com articulação em quase todos os municípios do Maranhão, o movimento social atua na promoção de políticas públicas, cidadania e controle social.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Em audiência pública, representante do governo do estado garante suspensão provisória da construção de presídio


Foi realizada hoje a tão badalada audiência pública para discutir a construção de uma unidade penitenciária em Magalhães de Almeida. O evento aconteceu no auditório da Secretaria de Educação e contou com a presença do secretário de justiça e administração penitenciária, Sebastião Uchôa, do prefeito da cidade, Tadeu Sousa, do delegado de Magalhães de Almeida, Bruno Aguiar, de vereadores, secretários, lideranças civis e religiosas e populares.

A audiência começou com mais de uma hora de atraso, tendo em vista que Uchôa se reuniu anteriormente com os vereadores na Câmara Municipal e só depois veio para o auditório.

O evento transcorreu com tranquilidade, com alguns momentos de exaltação por parte dos populares que acompanharam o debate. Muitos manifestantes ficaram do lado de fora em razão da falta de espaço no auditório. No entanto muitas cadeiras ainda ficaram vazias.

Ao final da audiência, Sebastião Uchôa anunciou que a obra está temporariamente suspensa e que deverá realizar uma outra reunião com um menor número de pessoas para discutir o impassae numa perpectiva mais técnica. Também prometeu que vai levar as reivindicações da população à governadora.

Muitas perguntas foram feitas principalmente ao representante do governo do estado e ao prefeito, questionando à forma como se escolheu o município para realização de tal obra e o pocisionamento do prefeito em relação ao assunto. Mesmo com os argumentos do secretário, a maioria dos presentes se manteve irredutível no posicionamento.

Sebastião Uchôa defendeu a construção do presídio afirmando que a escolha obedeceu aos critérios técnicos, mas não explicou tais aspectos. Em suma, argumentou que é necessário descentralizar o sistema penitenciário. Segundo ele os presídios "são uma escola de recuperação, um espaço de ressocialização". Ele também usou o argumento de que o presídio irá trazer investimentos ao município. A obra está orçada em R$ 14,5 milhões. De acordo com o secretário serão injetados R$ 1,5 milhão por mês para a manutenção do presídio. 

O prefeito também foi questionado sobre a aceitação da obra no município. Ele respondeu que ainda não era prefeito quando foi decidido sobre a construção. Disse ainda que espera ser convencido pelo governo do estado de que a obra trará mais benefícios do que males para o município.

No que diz respeito à audiência pública, o povo também reclamou do prazo exíguo para a realização da mesma. A informação correu em menos de 12 horas mesmo assim o povo ainda se articulou para se fazer presente. O secretário ponderou que, em razão dos compromissos, teve pouco tempo para articular a comunicação.

Suspensão da obra

Sebastião Uchôa afirmou que a empreiteira começou a terraplanagem sem a autorização do governo, burlando o cronograma, e que só poderia ter começado após a dita audiência. Segundo ele, quando foi informado da situação, suspendeu a obra. 

O vereador Fabyano do Correio e o prefeito Tadeu Sousa foram indicados para intermediar os diálogos posteriores. 

A população saiu confiante de que terá suas reivindicações atendidas. Pelo visto a história ainda vai dar muito pano pra manga.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Neto Carvalho desiste de candidatura a deputado estadual


O ex-prefeito de Magalhães de Almeida, Neto Carvalho, não será mais candidato a deputado estadual. No início da semana o líder político já havia comunicado a decisão aos seus aliados do município de São Bernardo. 

Segundo os amigos mais próximos, o motivo da desistência teria sido a concorrência dentro do próprio partido, o PT do B, no qual havia se filiado em setembro de 2013. Alguns colegas já são deputados, como o Fábio Braga, por exemplo, o que tornaria difícil uma vaga na legenda. 

No entanto, para os oposicionistas o motivo não seria só esse, mas as pendências judiciais de Neto Carvalho, que poderiam prejudicá-lo no futuro.

Em agosto do ano passado, Neto Carvalho foi condenado pelo Juiz Alexandre Moreira Lima à perda dos direitos políticos em face das irregularidades no último concurso público realizado pela prefeitura de Magalhães de Almeida. O então prefeito recorreu ao Tribunal de Justiça do estado e agora o processo tramita em segunda instância.

Neto saiu do PBMD na esperança de uma legenda menor. Porém, outros candidatos de renome escolheram o mesmo caminho, o que dificultou a manobra política do ex-prefeito.

Em abril deste ano, Neto renunciou ao cargo de prefeito para se candidatar a deputado estadual, um sonho antigo do líder político.

Com a desistência terá que aguardar mais quatro anos para se candidatar a um cargo eletivo na Assembleia Legislativa, ou terá que esperar até 2020 para se candidatar novamente a prefeito.

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Audiência pública é cancelada pela segunda vez


A população ficou somente na expectativa da audiência pública que iria debater a construção de um presídio em Magalhães de Almeida. Populares compareceram ao local programado, mas nenhuma autoridade apareceu para dar explicações sobre o cancelamento ou adiamento da audiência.

A audiência pública foi inicialmente marcada para o dia 13 de junho, mas foi adiada para o dia 18, ontem. No entanto, não aconteceu e nem informaram o motivo.

Vereadores da oposição, lideranças políticas e comunitárias esbravejaram contra a administração municipal e afirmaram que não vão descansar até ter suas reivindicações atendidas.

O deputado estadual, Zé Carlos (PT) falou ao telefone, reafirmando a necessidade do diálogo entre o estado e população antes de qualquer obra de impacto.

A prefeitura não informou o motivo do cancelamento nem a próxima data programada para acontecer a audiência.

Diante de um sol escaldante e após alguns discursos inflamados de lideranças políticas e comunitárias, o povo se dispersou.

terça-feira, 17 de junho de 2014

Bandido é morto após assaltar loja de materiais de construção


Um homem, de nome Márcio, mais conhecido como Maluquete foi morto a balas na tarde de ontem a pós participar de uma assalto a uma loja de materiais de construção na cidade de Magalhães de Almeida. Maluquete estava na companhia de Francisco das Chagas Rodrigues, 23. Esse último levou um tiro de raspão no braço e está preso na delegacia da cidade.

O assalto aconteceu por volta das 14h. Os dois entraram na loja, anunciaram o assalto e levaram o dinheiro do caixa. Na loja também funciona um caixa expresso do Bradesco. Em seguida fugiram numa moto em direção ao povoado Alto Alegre.

O dono da loja acionou a polícia e também saiu em perseguição aos assaltantes. O que se sabe até agora é que houve troca de tiros, mas ainda não se sabe quem efetuou os disparos que acertou  o assaltante. Os dois foram pegos nas intermediações do povoado Malhadinha.

Por volta das 18h30,  a polícia trouxe o Francisco das Chagas para fazer curativos no hospital, levando-o em seguida para a cadeia. Logo depois foram buscar o corpo de Márcio.

O assaltante morto era do povoado Curralinho. Já o que sobreviveu era de São Luís.

Hoje pela manhã o dono da loja e funcionários prestaram depoimentos ao delegado Bruno Figueiredo Aguiar.


Essas são as informações que temos até o momento. Assim que tivermos informações atualizadas, divulgaremos.

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Abertas as inscrições para a segunda etapa do seletivo para agentes de saúde

Os classificados na prova objetiva do seletivo para novos agentes de saúde tem hoje e amanhã para se inscrever no curso introdutório que constitui a segunda fase do certame.

O local das inscrições é o prédio da vigilância sanitária, o mesmo da primeira fase. Os candidatos deverão levar a carteira de identidade e o comprovante de inscrições.

COMUNICADO

A Secretaria Municipal de Saúde comunica que a empresa responsável pelo seletivo, CL Consultoria e Projetos, estará amanhã, dia 17/06, às 10h da manhã, no auditório da Secretaria Municipal de Educação para esclarecer as dúvidas dos candidatos.

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Audiência pública sobre construção de penitenciária foi adiada para dia 18


Após os protestos da população, as autoridades resolveram se pronunciar. Na próxima quarta-feira, dia 18, às 9h30 da manhã, no auditório da Secretaria Municipal de Educação, será realizada uma audiência pública com a presença de autoridades municipais e estaduais, representantes do poder judiciário, entidades religiosas e entidades de classe.

O evento será uma oportunidade para debater os argumentos a favor e contra a construção da unidade penitenciária em Magalhães de Almeida.

A confusão veio à tona quando, no final de maio, a população ficou sabendo da obra. Até então, falava-se em uma cadeia. Mas a informação do presídio foi confirmada com uma matéria do site Imirante.com. Populares, juntamente com vereadores da oposição, organizaram manifestações nas ruas e na rádio comunitária da cidade.

Foram realizadas duas passeatas, uma no dia 1º de junho e outra no último domingo, 08. Na última caminhada os manifestantes se dirigiram ao local onde deve ser construído o presídio e atearam fogo em alguns materiais no local da obra.

Depois da pressão o povo foi chamado para o debate.



sexta-feira, 6 de junho de 2014

Confira os selecionados no Sisu para o campus de São Bernardo

O Ministério da Educação divulgou hoje a  lista dos selecionados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificado (Sisu) do segundo semestre. Os selecionados terão entre os dias 09 e 13 de junho para se matricularem na instituição de ensino. A lista com a segunda chamada será divulgada dia 24 de junho.

Confira  os selecionados para a Universidade Federal do Maranhão, campus de São Bernardo.

terça-feira, 3 de junho de 2014

Saiu gabarito do seletivo para agentes de saúde


A Secretaria Municipal de Saúde divulgou na manhã de hoje o gabarito oficial do seletivo para agentes de saúde realizado no último domingo, dia 1º de junho. Cabe interposição de recurso contra o gabarito oficial, conforme especificado no edital no prazo de 48 horas. O resultado da prova objetiva está previsto para sair dia 07 de junho.

Foram disponibilizadas 11 vagas, sendo 6 para a sede e 5 para a zona rural. Os três primeiros classificados em cada vaga participarão de um curso de 40h. A nota da prova objetiva será somada com a nota no curso de formação. A média das duas notas ficará com a vaga. Os outros classificados ficarão no cadastro de reserva.

Inscrições para Sisu terminam nesta quarta


Você que fez o Enem em 2013 e quer concorrer às vagas, fique atento aos prazos. As inscrições para as instituições públicas de ensino superior terminam amanhã, dia 04 de junho. Os alunos que passarem na primeira chamada terão entre os dias 09 e 13 de junho para se matricular.  A lista com os convocados para a segunda chamada será divulgada dia 24 de junho. 

Depois disso, os que optarem por ficar na lista de espera tem que observar os prazos na instituição que escolheram. 

UFMA - São Bernardo

O campus de São Bernardo oferece 120 vagas para este semestre. No turno vespertino são 60 vagas para o curso de linguagens e códigos com as seguintes especialidades: 20 vagas para o curso de música e 40 para língua portuguesa.

No turno da noite há vagas para dois cursos: 60 para Ciências humanas com habilitação em sociologia e 60 para Ciência Humanas com habilitação em Química.

Veja abaixo o cronograma
cronograma
  • 02/06 a 04/06
    Período de inscrições
  • 06/06
    Resultado da 1ª chamada
  • 09/06 a 13/06
    Matrícula da 1ª chamada
  • 24/06
    Resultado da 2ª chamada
  • 24/06 a 07/07
    Prazo para participar da Lista de Espera
  • 27/06 a 02/07
    Matrícula da 2ª chamada
  • 14/07
    Convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições a partir desta data

Construção de presídio gera protestos em Magalhães de Almeida


Logo que a notícia da construção de um presídio em Magalhães de Almeida veio à tona, populares de manifestaram tanto nas redes sociais quanto nas ruas.

Na manhã deste domingo, 1º de junho, um grupo saiu às ruas em protesto contra a obra. Organizados com cartazes e carro de som, os manifestantes gritavam palavras de ordem: "Presídio não!".

Os vereadores da oposição também se manifestaram na rádio comunitária da cidade no mesmo dia dos protestos.

Os magalhenses contrários à construção do presídio estão organizando também um abaixo-assinado para encaminhar ao governo do estado. O documento pede que a obra não seja realizada nos domínios do município.

Até o momento não houve nenhum pronunciamento oficial em resposta aos protestos ou mesmo em defesa da obra.

Cartazes são pregados na Praça de Eventos